Fora da caridade não há salvação

Cecília Rocha

Retornou ao mundo espiritual, na madrugada do dia 5 de novembro de 2012, no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Santa Marta, no Distrito Federal, a confreira Cecília Rocha, aos 93 anos de idade.

Cecília Rocha nasceu em Porto Alegre (RS) em 21 de maio de 1919, mas desde a infância a passou a viver na capital gaúcha, onde seus pais (José Rocha e Carmen Rocha) e irmãos (Otávio, Alberto, Mário e Fernando) fixaram residência. Em Porto Alegre, concluiu o ensino fundamental, seguido do curso secundário de magistério e o de pedagogia, com especialização em administração escolar. Exerceu o magistério de escolas de ensino fundamental, públicas e particulares, no interior e na capital do Rio Grande Sul, até a sua aposentadoria, após mais de trinta anos dedicados à profissão.

No ano de 1957, Cecília Rocha já estava em plena atividade no movimento espírita do seu Estado, atuando como evangelizadora. Neste mesmo ano, passou a dirigir a escola primária Instituto Espírita Amigo Germano, voltado à alfabetização de crianças carentes. Em 1958, participa da Confraternização de Mocidades Espíritas do Norte e Nordeste do Brasil, ocorrida em Teresina (PI), oportunidade que conheceu Divaldo Pereira Franco, a quem dedicou amizade até o final dos seus dias no plano físico. Em 1960, Cecília transfere residência temporária para a Mansão do Caminho, obra social-espírita, sediada em Salvador (BA), por dez meses, em atendimento ao convite que Divaldo lhe fizera de prestar orientações pedagógicas à escola primária ali existente. No período, teve oportunidade de viajar pelo Estado da Bahia e conhecer, de perto, o movimento espírita baiano.

Em julho de 1980, já aposentada, Cecília fixa residência em Brasília (DF), por solicitação do presidente da Federação Espírita Brasileira, Francisco Thiesen, passando a integrar a diretoria da FEB, exerceu os cargos de diretora (1980-1982) e de vice presidente, de 1983 até março de 2012. Por 31 anos, a nobre confreira se dedicou à organização e desenvolvimento da Área de Estudo, no campo experimental da FEB e do Movimento Espírita Federativo, sobretudo no que diz respeito à implantação e aperfeiçoamento das escolas de evangelização espírita infantojuvenil e estudo doutrinário espírita de adultos. Participou da elaboração e da implementação das Campanhas de Evangelização Espírita Infantojuvenil, no início juntamente com Maria Cecília Paiva, e do Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita. Promoveu inúmeros cursos e seminários de treinamento nestas duas áreas, em todo o país e no exterior. Foi coordenadora da Área do ESDE das Comissões Regionais do CFN da FEB. Coordenou atividade educacional da FEB em Santo Antonio do Descoberto (GO). Autora e organizadora de livros infantis editados pela FEB e da obra "Pelos Caminhos da Evangelização". No ano de 2009, a Editora da FERGS lançou a obra "A Missão e os Missionários", de Gladis Pedersen de Oliveira, focalizando "a figura de Cecília Rocha mergulhada na ação evangelizadora de corpo e alma, isto é, de mente e coração", resgatando "todo o seu esforço em prol da evangelização da criança e do jovem". A FEB prestou homenagens a Cecília Rocha durante o ano de 2012, em Seminário realizado em junho, e nas comemorações dos 35 anos da Campanha Permanente da Evangelização Espírita Infantojuvenil, em julho. Nas duas oportunidades, Cecília não pode comparecer em virtude de imprevistos de sua saúde.

À irmã Cecília Rocha, respeitada obreira espírita, rogamos a Jesus bênçãos de paz durante o seu retorno à Pátria Espiritual e registramos as homenagens da Federação Espírita Brasileira.

Pronunciamento do Presidente da FeDF

A FeDF se une a todo o movimento espírita neste momento de saudades de uma mulher especial, que deixou um legado de fundamental importância: o estudo sério da Doutrina Espírita, a disciplina e a fidelidade doutrinária, ao mesmo tempo em que enviamos a todos as nossas melhores vibrações.

Que Jesus nos Ilumine e que a Espiritualidade Maior a receba com todo o carinho que fez por merecer e que conquistou de todos nós que tivemos a felicidade de contar com Cecília durante todos estes anos!

Para Cecília Rocha, nossa gratidão, reconhecimento, amor e amizade eternas. E que em breve ela possa continuar a tarefa que começou no plano material.

Convidamos toda a família espírita para comparecer ao velório que ocorrerá nesta terça-feira, 6 de novembro de 7h às 8h30 no Cemitério Campo da Esperança.

César Moutinho